Novidades

Os alimentos têm poder?

Alimentos saudáveis podem ser uma ferramenta poderosa em vários sentidos, pois existe uma relação direta entre os alimentos que consumimos e nossa saúde.

No século 21 não é mais segredo para ninguém que, para manter o corpo saudável e cheio de energia, é necessária uma alimentação de qualidade, com alimentos cheios de nutrientes e vitaminas. Conforme a ciência avança, a importância dos alimentos na saúde é cada vez mais conhecida. E, agora, o que se coloca no prato vem ganhando, de fato, status de remédio. Os 8 remédios naturais, tão conhecidos e difundidos pelos adventistas, começa cada vez mais a fazer sentido no meio acadêmico.

Se utilizados da forma correta e com o auxílio de um profissional, os alimentos podem ser uma ferramenta poderosa em vários sentidos, pois existe uma relação direta entre os alimentos que consumimos e nossa saúde. A lista de benefícios é longa: podem aumentar nosso sistema imunológico, ajudar a curar e prevenir doenças, regular o organismo, regular e melhorar o nosso humor, etc

Agora para e pense: como foi o seu último jantar? Será que no seu prato tinha salada, legumes e, quem sabe, uma fruta de sobremesa? Ou será que foi um prato pesado, com alimentos e molhos gordurosos, um fast-food rápido ou quem sabe a famosa pizza com os amigos? Se a sua resposta foi mais parecido com a segunda opção, é bom você ficar atento.

Remédios naturais

Em um tempo não muito distante, os cientistas pensavam que tudo que o corpo necessitava para funcionar adequadamente eram carboidratos, gorduras, proteínas, minerais, vitaminas e água. Agora, cada vez mais são reconhecidas a importância dos valores nutricionais encontrados de forma superpotentes nas frutas e vegetais, os chamados fitoquímicos. A ciência e suas pesquisas avançam. Novos achados estão surgindo trazendo novidades fantásticas sobre o poder de cura desses alimentos, que podem auxiliar no tratamento de doenças que vão desde uma simples gripe até um câncer.

Vale pontuar algo muito importante: da mesma forma que, com bons alimentos, podemos melhorar a nossa saúde, potencializar tratamentos e auxiliar o processo de cura e prevenção, não devemos esquecer que o consumo em excesso, de qualquer substância, pode causar um desequilíbrio no nosso organismo.

Quer dizer que se eu comer cenoura demais pode fazer mal? O corpo humano faz o trabalho de converter em vitamina A o betacaroteno presente na cenoura. Essa vitamina é fundamental para a saúde ocular, diminuindo a probabilidade de cataratas e prevenindo a degeneração macular, além de proteger os olhos do sol. Quando o consumo de carotenoides é considerado normal, o organismo elimina estes pigmentos de forma natural. Mas quando o consumo ultrapassa o valor de referência de 30 miligramas por dia, pode levar a uma alteração da coloração da pele, que se chama carotenemia, deixando ela amarelada ou alaranjada.

Esse é um exemplo de que o nosso corpo fala! Ao sentir o desequilíbrio, ele nos manda sinais visíveis de que algo não está bem. Podemos perceber que até um alimento considerado fundamental pode trazer desequilíbrio ao nosso corpo.

A área da nutracêutica tem evoluído cada vez mais na descoberta dos compostos bioativos, que são substâncias de nomes esquisitos, como licopeno e flavonóides, excelentes auxiliares na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, entre outros males.

Vamos então conhecer 5 alimentos que podem trazer tantos benefícios para nosso corpo? Olha só:

  1. No brócolis, existe o composto ácido cinâmico, que tem a capacidade anestésica e ação contra fungos;
  2. No alho, descobriu-se que o ácido ferrúlico tem funções antibióticas e que estimulam o sistema imunológico;
  3. No tomate, o licopeno já se revelou uma excelente arma na prevenção do câncer, principalmente os de bexiga, mama e próstata;
  4. O ácido cítrico do suco de limão ajuda a evitar alguns tipos de cálculo renal porque reduz a excreção de cálcio pela urina. A casca do limão também é rica no composto rutina, que fortalece a parede de veias e capilares e, potencialmente, diminui a dor e a gravidade das veias varicosas;
  5. Uma banana média representa 30% da ingestão diária recomendada de vitamina B6, que ajuda o cérebro a produzir a serotonina. Ela também contém triptofano, que alivia a depressão e a ansiedade.

Agora é o tempo para mudança! Precisamos buscar usufruir dos benefícios que foram dados de presente para o ser humano. Estamos em um tempo em que os alimentos podem causar a degeneração do nosso corpo, a morada do Espírito Santo. É preciso buscar saúde, lucidez e clareza de pensamento, que são essenciais para ouvirmos a voz de Deus falando aos nossos corações e nos guiando rumo a eternidade.


Você também pode receber esse e outros conteúdos diretamente no seu dispositivo. Assine nosso canal no Telegram ou cadastre seu número via WhatsApp.

Quer conhecer mais sobre a Bíblia ou estudá-la com alguém? Clique aqui e comece agora mesmo.

Facebook Comments Box

sobre PORTAL SAUDE 7

Além disso, verifique

Vacinação: Reflexão bíblico-teológica

Artigo apresenta aspectos que enfatizam a necessidade de um cuidado com a saúde, o que …

Deixe um comentário