Novidades

Lições que aprendi com o coronavírus

A primeira pandemia de coronavírus aconteceu em 2003. A SARS (Severe Acute Respiratory Syndrome – Síndrome Aguda Respiratória Severa) ocorreu na China e também se espalhou pelo mundo. Mas não causou tanta tragédia como a atual covid-19. Hong Kong, no entanto, teve mais de mil mortes. Eu estava lá quando isso aconteceu (como contei neste artigo) e aprendi algumas lições que também valem para hoje.

Dieta – Nos primeiros anos do século XXI, parece que o vírus se originou de um animal selvagem comum na província de Cantão, incluindo Hong Kong, Shenzhen e Guangzhou, entre outras cidades. As pessoas costumavam comer os animais vendidos nas feiras livres. Se você já visitou um desses mercados, pode imaginar um vírus, bactéria e outros microrganismos no ar apenas pelo cheiro e sujeira do ambiente.

Lição aprendida: ser vegetariano e ter boa higiene.

Máscaras – Logo, todo mundo estava usando máscara. Lembro que estava viajando para os Estados Unidos quando decidi ir ao banheiro do avião. Quando me levantei e olhei para trás, foi uma visão surreal. Todos os passageiros estavam de máscaras. Como era noite, pareciam fantasmas.

Lição aprendida: use máscaras e evite ambientes lotados.

Mãos limpas – Muitas vezes, as pessoas com mãos contaminadas tocavam o nariz, a boca e os olhos e contraíam a doença. Lavar as mãos, usar desinfetante para as mãos, álcool e até luvas era a medida. Nas minhas palestras sobre o sistema imunológico, inventei um dispositivo feito de papelão para colocar no pescoço que impossibilitava tocar no rosto – mas não ganhei royalties com isso!

Lição aprendida: mantenha as mãos limpas e não toque na sua face.

Ficar em casa – Foi uma lição difícil de aprender. Em Hong Kong, praticamente todos vivem em apartamentos. Eu vivia no oitavo andar. Assim, sair de casa era uma necessidade. Ficar em casa era como se estivéssemos na prisão.

Lição aprendida: permaneça em casa o máximo possível, especialmente se estiver doente.

Distanciamento social – Pela primeira vez, aprendi esse termo, que agora é familiar em todo o mundo. Fique longe dos outros, pois o vírus geralmente não se espalha além de 1,80 m. Foi fácil fazer isso porque tenho precisamente 1,80 de altura, então imaginava ficar longe da mesma distância da minha altura.

Lição aprendida: fique longe, não abrace ou aperte mãos, e use a linguagem de sinais para cumprimentar as pessoas.

Sistema imunológico – Apresentei muitas palestras sobre o sistema imunológico e aprendi muitas coisas novas. Astrágalo era a erva chinesa da época, e até mesmo profissionais médicos universitários usavam misturas dessa erva. Eu coloco minhas esperanças no estilo de vida, como uma alimentação saudável, exercícios, descanso e evitar substâncias tóxicas.

Lição aprendida: mantenha um estilo de vida saudável.

Não tenha medo – Por algumas vezes, pensei que tivesse pegado o vírus. Uma vez, eu estava fraco, tremendo e espirrando enquanto assistia a uma palestra sobre a SARS. Tinha certeza que estava infectado com a doença, mas então fui ao banheiro e fiz “pipi” por 2 ou 3 minutos. Era o ar-condicionado que estava muito frio e então tive os sintomas.

Lição aprendida: relaxe, ouça boa música, tenha mais humor em sua vida e ore.

Felizmente, sobrevivi ao coronavírus em 2003. E, até agora, sobrevivi à covid-19 também. Minha única luta é restringir o contato com meus netos. A questão é que meu filho, Mauricio, é dentista; meu genro, marido da Caroline, é médico de pronto-socorro, e minha neta, Alana, do André, está indo para a escola – não para a do Zoom. Estou seguindo as precauções acima e já tomei a vacina. O resto está com o Senhor!

“Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido” (Salmos 91:7 VAA).

Facebook Comments Box

sobre PORTAL SAUDE 7

Além disso, verifique

Esportes, princípios de saúde e o compromisso com a missão

A prática esportiva também pode ser uma forma de testemunhar sobre a poderosa mensagem de …

Deixe uma resposta